segunda-feira, 12 de julho de 2010

Secretarias no centro da cidade

Uma boa medida foi tomada pelo Governo Municipal para fugir dos aluguéis e também para facilitar a vida do petropolitano que procura as Secretarias.

O prefeito Paulo Mustrangi anunciou hoje a compra do terreno que pertencia ao Instituto Nacional de Segurança Social (INSS), localizado na Rua do Imperador. Serão investidos R$ 1 milhão e 18 mil reais, pagos em 60 meses. No local será construído o Centro Administrativo da Prefeitura, que irá aglutinar todas as secretarias municipais. Com isso, Mustrangi dá um salto para realizar uma economia de R$ 3 milhões por ano (são gastos cerca de R$ 250 mil com aluguel de imóveis atualmente pela Prefeitura) para os cofres do governo municipal, dinheiro este que poderá ser revertido para importantes investimentos na área social em todo município.
São mais de mil metros quadrados de área onde funcionava um antigo sistema de abastecimento de mercadorias. A idéia é que os recursos para a obra de construção do Centro Administrativo sejam adquiridos junto ao BNDES ou em uma parceria Público-Privado.

Esta medida além de beneficiar os cofres públicos, vem de encontro ao pedido nosso de anos. Facilitar a vida de quem necessita dos serviços municipais. Ter todas as secretarias em um só lugar vai dar mais consições de o petropolitano resolver os problemas, que muitas vezes dependem de mais de uma Secretaria.

Gostei desta medida e tomara que começe a funcionar logo.

3 comentários:

  1. MARINEL FERREIRA NEVES12 de julho de 2010 12:08

    Parabens para o Prefeito. Até meu sobrinho sabe que é muito melhor possuir um imóvel próprio do que alugado, e não é porque ele é economista que sabe disso. rsrsrs Além do que um prédio novo, esperamos, seja construído dentro das modernas políticas de inclusão das pessoas portadoras de necessidades especiais, sem os degraus da atual secretaria de fazenda ou a distancia da secretaria de obras. Ponto para o Prefeito.
    Fica com Deus

    ResponderExcluir
  2. Essa foi uma jogada de visão.
    Boa para a população e tomara que seja boa também para os funcionários - que já estão cansados de trabalharem sem o mínimo conforto - não luxo - mas conforto.
    Tomara que os arquitetos e engenheiros pensem num prédio apropriado para quem passa o dia lá.
    1 "tiquinho" de agrado prá quem realmente segura a onda...
    Não é mesmo?
    Que seja simples e prático.
    E se puder...simpático.

    ResponderExcluir
  3. Tal iniciativa do atual Governo foi um Gol de Placa do Prefeito.Parabéns!

    ResponderExcluir