terça-feira, 19 de junho de 2012

A teoria e a prática

Em ano eleitoral é bom que falemos sobre este assunto: quanta diferença vemos em pessoas públicas que na teoria sabem exatamente o que fazer para minimizar ou acabar de fez com os problemas da cidade e na prática não conseguem efetivar aquilo que sabem e pensam.

É muito constante vermos pessoas altamente bem intencionadas chegarem ao executivo e não conseguirem estabelecer posicionamentos positivos para a cidade. Por que será?

Muitos assuntos dependem de um tempo maior do que 1,2,3 ou 4 anos e acredito seja por isso que muitas vezes, excelentes projetos não vão para frente. Isso sem contar que alguns governantes não gostam que secretários e subalternos aparecem mais que ele.

Na teoria é uma coisa, na prática é outra. Infelizmente a falta de políticas públicas e o excesso de interesses pessoais ainda predominam em nossa cidade.

O pouco que é feito já nos leva a vier numa cidade preciosa, imagina se os homens públicos levassem o assunto a sério?

Um comentário:

  1. É fácil ser estilingue, difícil é ser vidraça...

    ResponderExcluir