quinta-feira, 30 de julho de 2009

Epidemia de gripe A

Hoje vamos postar dados sobre a gripe suína. Informações fornecidas pela Prefeitura de Petrópolis.

A Prefeitura decretou o adiamento em uma semana do retorno escolar das unidades municipais de ensino infantil e fundamental, até o 9ª ano, em virtude da epidemia da Influenza A (H1N1), mais conhecida como gripe suína, em todo país. As aulas deveriam ser retomadas na próxima segunda-feira, dia três de agosto e só serão iniciadas no próximo dia 10. A determinação considera a presença em grande escala do vírus no Estado do Rio e o alto grau de transmissibilidade do Influenza A.

Duas tendas para o esclarecimento da população sobre a gripe suína serão instaladas no Centro da cidade, a partir de amanhã. Com material informativo impresso e a contribuição do Exército Brasileiro, profissionais treinados pela Coordenadoria de Epidemiologia irão tirar dívidas e esclarecer sobre os cuidados necessários para evitar o contágio, durante todo o dia. Outras informações também podem ser obtidas diretamente pelo telefone da Coordenadoria de Epidemiologia do Município: 2246-6796.

Petrópolis tem nove casos suspeitos de gripe suína. Os pacientes se encontram em tratamento, internados em leitos especiais de hospitais da rede. A coordenação de epidemiologia ainda aguarda o resultados dos exames, enviados para FioCruz, no Rio, para o diagnóstico.

O menino de 11 anos de idade que morreu na manhã de ontem no Hospital Alcides Carneiro é um dos pacientes com suspeita de gripe suína em Petrópolis. A criança, que havia retornado recentemente de viagem a Minas Gerais, foi internada no dia 22 de julho, já com quadro de pneumonia. Sem apresentar resposta ao tratamento, o menino faleceu devido aos sintomas apresentados e a evolução da doença, foi levantada a suspeita de contaminação pelo vírus H1N1.
Segundo a direção do Alcides Carneiro, foi coletado material para exame que identifica a presença do Influenza A e enviado para a Fiocruz. No entanto, o resultado ainda não foi liberado, o que significa que a secretaria de Saúde não pode fazer a confirmação do caso.

4 comentários:

  1. Olá Roberto, será que todas essas mortes não estão acontecendo por causa da falta de despreparo dos agentes da saúde em diagnosticar os sintomas da nova gripe?

    ResponderExcluir
  2. Roberto,qual a sua opinião sobre o procedimento no caso de suspeita de gripe suína? O Município orienta que se procure os postos de Saúde, entretanto o Estado alerta sobre o alto índice de contaminação destes locais... o que fazer? Mais uma vez parece que a população fica desamparada no quesito Saúde!Ana

    ResponderExcluir
  3. Trabalho na Fundação Municipal de Saúde e sinceramente Roberto acredito q já existam mais casos de gripe suína na cidade. O q se comenta é q esse menino teria q ter recebido o medicamento logo qual foi internado, mas q não havia o medicamento na cidade. Acho absurdo esperar o caso se tronar grave para se começar o tratamento, visto q os hospitais estão abarrotados de pessoas com tosse, febre e dores no corpo. Vc ficou sabendo q eles estão esperando o resultado de um exame desde o dia 29/06??? Impossível! Lembro do caso das duas jovens q tb faleceram com penumonia na cidade na semana passada, com um quadro de evolução muito rápido. Não acredito q seja uma coincidência. Acho q o governo municipal não está preparado para uma epidemia de gripe A na cidade, e peço a Deus q Ele nos guarde, pois parece q o maior problema do nosso prefeito é falar dessa bendita dívida, mas arregaçar as mangas e fazer alguma coisa, tá difícil... Espero q ele mude o lado do disco, pois já encheu bastanta esse lenga lenga de dívida.
    Obrigada pela atençao! Parabéns pelo programa e dê um beijo na Dani, pq ela é uma simpatia.

    ResponderExcluir
  4. Mário Sérgio de Souza30 de julho de 2009 16:43

    Será que adiar o início das aulas é uma boa solução? Penso que nas escolas poderia ser dada orientações aos alunos e aos responsáveis sobre a melhor maneira de prevenção e também orientações aos profissionais de educação, pois a prevenção é o melhor remédio e a educação a melhor via. Grato pelo espaço e parabéns por seu trabalho Roberto e Dani

    ResponderExcluir