quinta-feira, 9 de julho de 2009

Transporte coletivo

Ontem no Cidade Comunidade fizemos uma entrevista com o responsável pelo transporte alternativo de Petrópolis. Falamos sobre aumento da passagem, legalização das vans e outros assuntos pertinentes ao transporte, principalmente na Estrada da Saudade.

Hoje recebemos a notícia:

A Companhia Petropolitana de Transporte e Trânsito (CPTrans) foi condenada (Processo Judicial nº 2001.042.000794-7 – 4ª Vara Cível de Petrópolis), a interceptar e fiscalizar os veículos automotores que realizam transporte alternativo irregular de passageiros em itinerários coincidentes àquelas que empresas de ônibus têm permissão do Poder Público para operar (bairro Estrada da Saudade e adjacências).
A sentença, publicada em 1º de julho de 2009, é resultado de uma ação impetrada pela Viação Petro-Ita e Transporte São Luiz Ltda., no ano de 2001, contra os proprietários, detentores e/ou condutores de veículos automotivos tipo kombis e vans e também contra a CPTrans.
Segundo o presidente da CPTrans, Antônio Carlos Corrêa, a companhia não vai recorrer à decisão da Justiça e passará a cumprir a determinação a partir do dia 18 de julho, quando todos os veículos de transporte alternativo irregular na cidade passarão a ser fiscalizados pela companhia e interceptados - através de atuação conjunta - pela Polícia Militar e a Guarda Municipal.
Os moradores das localidades que hoje utilizam o transporte alternativo não serão prejudicados. As empresas que impetraram a ação contra o transporte alternativo e também contra a CPTrans, que é o agente regulador dos transportes na cidade, já sabem que terão que colocar à disposição desses moradores vans, kombis que os conduzam até o ponto de ônibus mais próximo. EM alguns locais, micro-ônibus passarão a operar. Também vamos fiscalizar este serviço alternativo, que agora passará a ser prestado pelas empresas de ônibus sem qualquer custo adicional para os passageiros. É a volta do antigo sobe e desce.

Vamos aguardar os acontecimentos.

2 comentários:

  1. Oi Roberto,sou moradoro da estrada da saudade a mais de 40 anos e sempre fomos ignorado pela cia de onibus,e continuamos sendo, a cia de onibus so esta preocupada com os moradores agora por causa das vans.
    Cansei de ter q subir o morro com sacolas muitas vezes criança no colo e o mas engraçada onibus lotado, brigas no ponto final da cidade so entrava fortes e valentes , entra com sua companheira e briga na certa uma falta de consideraçao com os passageiros (cliente),hoje chego em casa cedo, tranquilo e sentado e o preço muito mas em conta, pago a passagem e sobra para trazer o pao pra casa .
    Acho q todos moradores de Petropolis mereciam ter o direito de escolher o melhor transporte, estamos cansados de andar em onibus caindo aos pedaços e uma passagem absurdamente CARA. E estou sabendo q a passagem vai aumentar para R$ 2,45 ninguem merece.
    Se verdadeiramente a vans sairem volta o monopolio na estrada da saudade morros sem assistencia de onibus.

    ResponderExcluir
  2. MARIO SERGIO SOUZA1 de outubro de 2009 09:15

    GOSTARIA DE SABER DE QUEM É A RESPONSABILIDADE DE FISCALIZAR O ESTADO DE CONSERVAÇÃO E A IDADE DA FROTA DOS COLETIVOS DE NOSSA CIDADE, POIS OS ONIBUS DA CIDADE DAS HORTENSIAS QUE ATENDEM AO BAIRRO PONTE DA SAMAMBAIA ESTÃO COMPLETAMENTE SUCATEADOS, CHEGANDO AO PONTO DE NÃO CONSEGUIR SUBIR AS RUAS DO BAIRRO COM OS PASSAGEIROS. NA TERÇA-FEIRA, OS USUÁRIOS TIVERAM QUE DESCER DO ÔNIBUS PARA QUE ESSE CONSEGUISSE SUBIR UMA RAMPA. ISSO COLOCA EM RISCO A VIDA DOS USUÁRIOS, DO CONDUTOR E SEU AUXILIAR, ALÉM É CLARO DAQUELES QUE SE ENCONTRAM PRÓXIMOS. PAGAMOS A PASSAGEM E QUEREMOS UM SERVIÇO DE QUALIDADE, COM PONTUALIDADE, COM RESPEITO PELO CIDADÃO. ASSSOCIAÇÃO DE MORADORES DA PONTE DA SAMAMBAIA - AMPS

    ResponderExcluir